Quanto tempo você já perdeu nas filas dos bancos?

Desde muitos anos os problemas com filas em bancos nunca mudou, sempre filas enormes e constrangimentos acontecem, independente do nome do banco, perdemos muito tempo do dia para pagar ou receber quando só se resolve na “boca do caixa”.

“Os bancos têm investido mais em sistemas de autoatendimento e de relacionamento com clientes a longa distância, como internet, e dado menor atenção ao atendimento pessoal, que ainda é muito procurado no mercado, principalmente por idosos”, afirma o diretor-executivo do Procon-SP, Paulo Góes, ao ser questionado sobre problemas envolvendo a longa espera na fila das agências bancárias.

Para evitar reclamações, o próprio setor criou uma norma para se autorregular. Desde 2009, de acordo com regra da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), há um limite de tempo para que o cliente chegue na boca do caixa e tenha sua solicitação atendida. Inicialmente, o prazo máximo era de 30 minutos em dias normais e 40 em dias de pico – desde 2010, esses períodos foram reduzidos para 20 e 30 minutos, respectivamente.

Em 2011, 28% das agências bancárias fiscalizadas foram autuadas pelo Procon-SP por desrespeito à regra – número que representa um crescimento em relação aos 16% verificados no ano anterior.  Os clientes que enfrentarem problemas com a longa espera nas filas podem registrar a reclamação em um dos órgãos de defesa do consumidor ou recorrer à Febraban. A federação orienta, contudo, que a primeira manifestação deve ser feita ao gerente da própria agência, seguida de um registro no Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) do banco.

E você? quanto tempos já perdeu em filas de bancos na nossa cidade de Hortolândia?

Agora você já sabe a quem e como reclamar… não deixe de exigir seus direitos com cidadão, as leis são feitas não para enfeites, mas para as instituições cumprirem e facilitarem a vida da população!

  • Comentários  

    19/10/2017