Carro se fragmenta para se adaptar a pista

Um carro que não dá solavancos. É assim que pode ser definido o Flake, projeto conceito criado pelo designer Da Feng. Sem grandes compromissos com a realidade, ele inventou um veículo que se fragmenta em vários pedaços para andar melhor sobre terrenos irregulares.

Diferentemente dos outros carros, que são como “caixas sobre rodas”, o Flake é mais maleável, quase um ser vivo. O designer afirma que os fragmentos formam uma casca exterior mais mole que age como um freio/estabilizador de ar quando vira uma esquina, por exemplo, e ainda ajuda a liberar o calor do automóvel.

Em altas velocidades, os fragmentos podem se juntar, para melhorar o desempenho dos movimentos. Outro diferencial do conceito são os pneus. Com a base achatada, as rodas possuem sensores que rastreiam o caminho em tempo real permitindo que os pneus sejam moldados ao chão, garantindo maior contato, aderência e fluidez.

Tanto os pneus quanto dos fragmentos da lataria são controlados por um sistema de marionetes com minúsculos cabos superfortes e bobinas eletromagnéticas. Esse sistema permite também a verificação da pressão de cada pedaço e o ajuste da posição automaticamente. O Flake usa combustível sintético e sua estrutura é feita de fibras de carbono. De fato, bom demais para ser verdade.

  • Comentários  

    26/06/2017