Anonymous entrou nos sistemas do Departamento de Defesa dos EUA

O colectivo hacker deixou a descoberto 90 mil contas de e-mail de Marines e de membros da Força Aérea e pôs igualmente a descoberto importante código-fonte – tendo este sido apagado dos servidores da empresa – e ficou com credenciais digitais e dados protegidos que o poderá ajudar a atacar outros sistemas governamentais.

A ação foi batizada de Military Meltdown Monday e depois do ataque a informação compilada esteve disponível no site The Pirate Bay.

O grupo justifica a sua ação dizendo que a Booz Allen participou num concurso público de contratos governamentais que esteve minado por ações de corrupção e escutas telefónicas sem ordem judicial.

A empresa Booz Allen não comentou esta ação dos hackers.

Os Anonymous são um grupo com uma estrutura pouco definida, que se reúne em fóruns e sistemas de chat e cujos elementos têm recentemente colaborado uns com os outros em acções de ativismo. Ficaram mundialmente conhecidos por terem atacado vários sites de empresas que se recusaram a receber doações para a Wikileaks, como o PayPal e a Master Card.

Esta operação ocorre depois das acções dos “rivais” da Anonymous, o coletivo LulzSec, ter igualmente atacado grandes empresas e organizações bem como os próprios membros da Anonymous.

  • Comentários  

    30/04/2017