Angola: Brasil e Portugal bem representados na FILDA

A 28ª edição da Feira Internacional de Luanda (FILDA), encontro de referência para o mercado angolano que consagra diversos sectores , que decorre desde 19 a 24 de Julho.

A a 28ª edição da Feira Internacional de Luanda (FILDA) conta com mais de 650 presenças em diversas áreas de investimento tais como Estratégia, Legislação, Infra-estruturas, Recursos Humanos, entre outros.

Com uma área corresponde a cerca de 25.000 m2, esta feira estará contará com a presença de 23 países, através de mais de 50 mil empresas participantes. O país convidado deste ano é o Brasil, que contará com 33 expositores, principalmente nos sectores da alimentação e construção civil. Portugal terá a representação mais significativa, tal como tem acontecido nas edições anteriores, com 100 empresas participantes.

O Ministro de Estado dos Negócios Estrangeiros (MNE) de Portugal, Paulo Portas, marcará presença no evento, dado que se pretende reforçar as relações economicas entre Lisboa e Luanda. Através dos negócios que se
concretizarem neste encontro, o MNE pretende incrementar a presença cada vez mais significativa de investimentos angolanos em Portugal.

Paulo Portas e o ministro angolano da Economia, Abraão Gourgel, são as figuras de destaque do encontro entre empresários angolanos e portugueses
que a Câmara de Comércio e Indústria Portugal-Angola (CCIPA) promove, amanhã à noite, numa das unidades hoteleiras de Luanda.

A FILDA foi alvo de uma programação minuciosa e que prevê preencher todos os dias do encontro, incluindo a apresentação do Encontro de Negócios na Língua Portuguesa (ENLP), da responsabilidade do presidente da Câmara Brasil Angola no Ceará, Roberto Marinho.

Fonte : Luanda

  • Comentários  

    13/12/2017