Terminal de Ônibus em Hortolândia com Tarifa Única

Terminal Municipal entra em operação com cobrança de tarifa única para transferência de passageiros

Novas linhas de ônibus interurbanos começam a circular em Hortolândia, no próximo sábado (26/11/2011). A Prefeitura de Hortolândia cobrou e a EMTU (Empresa Metropolitana de Transporte Urbano) criou três novas linhas para ampliar o atendimento aos moradores da cidade. Neste sábado, também entra em operação o Terminal Metropolitano, com a oferta de integração destas novas linhas com veículos que já circulavam na cidade e em Sumaré. Há, inclusive, propostas da Secretaria Municipal de Planejamento Urbano para que as linhas de transporte municipal sejam incluídas na rede de transporte integrado.

“A meta da Prefeitura é que, nos próximos dois anos, existam menos linhas intermunicipais e mais transporte urbano. Assim, a população se beneficiará da interligação das linhas com utilização de ônibus urbanos dentro da cidade e integração sem custo para veículos que vão até Campinas, Sumaré e Monte Mor”, avalia o secretário de Planejamento Urbano, Ronaldo Alves dos Reis.

Todas as novas linhas partirão do Terminal Municipal de Hortolândia. No local, os passageiros poderão acessar, sem custo adicional, as linhas 697 – Hortolândia (Via Jardim Interlagos)/Campinas, 698 – Hortolândia (Via Campos Verdes)/Campinas e 739 Hortolândia (Jardim Amanda)/Campinas Shopping. O preço único da passagem será R$ 2,90, cobrado no veículo do primeiro embarque. Outros embarques, realizados dentro do terminal, não terão custo adicional.

Ônibus direto para Unicamp

Uma das principais novidades é a implantação da linha 746 – Hortolândia/Unicamp (via Dom Pedro). Com a programação de 33 saídas do Terminal de Hortolândia, com veículos a cada 30 minutos, os moradores da cidade terão fácil acesso à universidade, referência nacional em atendimento médico e pesquisa acadêmica.

“A linha direta para a Unicamp era uma antiga reivindicação da população hortolandense. Há muito tempo a Prefeitura cobrava a criação desta linha”, enfatiza Reis. As outras duas linhas criadas são a 742 – Hortolândia/Campinal (Terminal Campo Grande) e a 745 – Hortolândia/Monte Mor.

Ônibus que vão para Sumaré também fazem parte do sistema de integração, com as linhas 656, 670 e 672, que partem do Jardim São Bento e do Taquara Branca e passam pelo Terminal Municipal de Hortolândia.

Linha Semi-expressa

Neste sábado, a linha 741 passa a atuar como semi-expressa, trazendo uma economia de tempo de até 30% nas viagens. Para os veículos que partem de Hortolândia, o embarque será permitido apenas até o ponto da Avenida da Emancipação, em frente à empresa EMS. Os desembarques serão permitidos a partir do primeiro ponto na avenida Lix da Cunha, no Terminal de Transferência de Campinas. Isso significa que ao longo da SP-101 não haverá paradas, o que resultará em uma viagem mais curta. A linha também faz parte do sistema de integração, podendo ser utilizada gratuitamente por passageiros que desembarcarem de outros veículos dentro do terminal.

OBS:

Passageiros que acessarem o Terminal Metropolitano pagarão passagem apenas na primeira viagem. A segunda viagem, partindo do terminal, será pelo sistema de integração, sem custo adicional.

Por exemplo: quem pegar a linha 698, no sentido Campinas – Hortolândia, na altura do Jardim Rosolen, pagará passagem neste veículo. Se o passageiro descer no Terminal Metropolitano, poderá acessar outro ônibus do sistema de integração gratuitamente.

  • Comentários  

    • Mara

      Gostaria de saber qto tempo ainda levará para que tenham ônibus de Hortolândia direto para o Terminal
      de Barão Geraldo, já que é uma reivindicação antiga dos moradores de Hortolândia, em vista do gande
      número de pessoas que tem esse destino diariamente?

    22/10/2014