Prefeitura transforma folhas e galhos em adubo orgânico

Restos de poda de árvores que antes iam para o lixo voltam para a natureza em forma de fertilizante

A Prefeitura de Hortolândia, por meio da Secretaria de Meio Ambiente, dá um destino ecologicamente correto aos galhos e folhas de árvores recolhidos, diariamente, pelas equipes de manutenção urbana. Agora, o material é transformado em adubo orgânico, utilizado no plantio de árvores e plantas em canteiros e jardins públicos.

A experiência é realizada no Viveiro Municipal Antonio da Costa Santos onde está em operação, há três meses, uma máquina que tritura folhas e galhos. No local, são produzidos 12 mil quilos de adubo orgânico, por mês, com restos de poda que, antes, iam para o lixo.

O equipamento é simples de operar: depois de realizar a triagem das folhas e galhos, operários colocam o material na máquina que é moído por meio de um disco com faca. O resíduo triturado sai por um funil, rumo ao processo de compostagem, que dura cerca de 30 dias.

“Utilizamos esse adubo orgânico para o plantio de árvores em áreas de preservação, jardins e canteiros localizados em áreas públicas. É uma ação sustentável. Estamos dando utilidade ao que, normalmente, vai para o lixo”, explica a diretora de Meio Ambiente, Eliane Nascimento.

O trabalho é realizado em parceria com a Secretaria de Serviços Urbanos, que recolhe as folhas e galhos durante o trabalho de manutenção da cidade. Depois, transporta o material para o Viveiro Municipal.

“Encontramos na compostagem o destino ecologicamente correto para folhas e galhos, recolhidos em grande quantidade todos os dias. O que antes era lixo, agora vira adubo orgânico, utilizado no cuidado de canteiros e jardins públicos”, comenta o secretário de Serviços Urbanos, Sidney Fuzetti.

População pode fazer uso doméstico do adubo

De acordo com a diretora de Meio Ambiente, o adubo orgânico produzido por meio do reaproveitamento de folhas e galhos também é fornecido à população gratuitamente.

Para ter acesso ao produto, na quantidade de no máximo 40 quilos por pessoa, basta fazer a solicitação no Viveiro Municipal, localizado na rua Stefano Dilo, nº 350, bairro Adventista Campineiro.

O horário de funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. O telefone de contato é (19) 3897-2926.

No Viveiro Municipal são cultivas diversas espécies de mudas de árvores e plantas, utilizadas pela Prefeitura no plantio em áreas públicas, paisagismo e na doação de mudas para o cultivo nas calçadas, por meio do programa de arborização urbana.

  • Comentários  

    24/09/2017