Prefeitura inicia construção de 740 apto. no Jd. Nova Europa

Apartamentos do Programa Minha Casa Minha Vida 2 possuem 53 m², piso cerâmico em todos os ambientes e azulejo, até o teto, na cozinha e banheiro

A Prefeitura de Hortolândia, por meio da Secretaria de Habitação, em parceria com o programa do governo federal “Minha Casa Minha Vida-2”, iniciou a terraplanagem do terreno de 41 mil m² onde serão construídas 740 unidades habitacionais, no Jardim Nova Europa. O prazo de entrega dos imóveis é de 14 meses.

Apartamentos Jardim Nova Europa

Os apartamentos atenderão famílias que se inscreveram no programa habitacional no período de 2008 a 2011. O sorteio das unidades habitacionais está previsto para o primeiro semestre deste ano. O investimento é de R$ 60 milhões: R$ 56 milhões do governo federal e R$ 4 milhões do Estado.

“Sessenta porcento das famílias que vamos atender com este novo empreendimento são moradoras da região do Jardim Nova Europa, que vivem em área de risco. Priorizamos atender as 350 famílias que vivem no entorno do residencial para oferecer melhores condições de moradia, sem prejuízo no atendimento da saúde e educação”, afirma o Secretário de Habitação, Francisco Raimundo.

Novidade
De acordo com a Secretaria de Habitação, o Residencial Europa foi divido em três empreendimentos: Portugal, Suíça e Espanha. A segunda fase do programa habitacional apresenta novidades na planta.

O imóvel, com 53 m², possui dois quartos, sala, cozinha, área de serviço e banheiro. Todos os cômodos receberão piso cerâmico.  A cozinha e o banheiro terão revestimento de azulejo até o teto. O apartamento será entregue com pintura látex.

No espaço de lazer do Residencial Europa, as famílias poderão desfrutar de playground, salão de festas, quiosques e quadra de esportes descoberta.

A unidade Portugal terá 12 blocos, 240 apartamentos, distribuídos em cinco pavimentos (o térreo e mais quatro andares). O Condomínio Espanha possui 13 blocos, com 20 apartamentos, somando 260 unidades. Já o Condomínio Suíça possui 12 blocos, com 20 apartamentos, somando 240 unidades.

Acessibilidade
O projeto reserva 23 unidades habitacionais para cadeirantes, com barra de apoio e portas com largura especial. Todas as torres são construídas conforme a Lei de Acessibilidade, a NBR 9050 .

“Essas unidades habitacionais são importantes para reduzir o déficit habitacional, tirar famílias de áreas de risco, que vivem em situação de coabitação familiar ou em domicílios inadequados, oferecendo a elas moradias de qualidade”, explica a arquiteta da Secretaria de Habitação, Esmeralda Alves de Andrade.

Em abril, a Prefeitura entregará 600 apartamentos construídos por meio do Programa Minha Casa Minha Vida, no Jardim Novo Ângulo.

Para ser atendida pelo programa, a família cadastrada precisam atender uma série de critérios nacionais e municipais, além do pré-requisito de que a renda bruta familiar não ultrapasse R$ 1.600,00. O progama “Minha Casa Minha Vida” obedece portarias nacionais e estaduais.

  • Comentários  

    23/08/2014