Inauguração do novo Parque às margens do Ribeirão Jacuba

Área de lazer de lazer é novo cartão postal da região central

Com muita animação, música e dança, a  Prefeitura de Hortolândia inaugurou o Parque Socioambiental Renato Dobelin, localizado às margens do Ribeirão Jacuba, na região central. A área de lazer faz parte do pacote de obras de contenção de enchentes que recebe investimentos de R$ 60 milhões, uma parceria da Administração com o governo federal por meio do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), do governo federal. A cerimônia de inauguração contou a com a presença da deputada estadual Ana Perugini, moradores, secretários e familiares de Renato Dobelin. Quem passou pelo local também prestigiou os produtos em exposição na Feira de Economia Solidária que reúne artesãos e empreendedores da área de alimentação.

O parque tem cerca de dois mil metros quadrados. Começa às margens do Ribeirão Jacuba, a partir da Ponte Osmar Dobelin (antiga ponte do Bradesco), e segue até o Viaduto 17 de Abril. A margem direita do manancial abriga ciclovia, calçada ecológica feita de blocos de concreto intertravados, coreto, teatro de arena, parque infantil, bancos, lixeiras, além de paisagismo com plantio de grama e árvores.

No lado esquerdo do córrego, a Prefeitura iniciou a recomposição da mata ciliar com o plantio de mudas de árvores nativas a exemplo Pau Ferro, Jequitibá, Jatobá, Araçá, Pitanga, Paineira, Manacá da Serra, Quaresmeira, entre outros. As espécies foram plantadas, nesta sexta-feira (31/08), com a participação da comunidade e envolveu alunos da rede municipal de ensino.

“Canalizamos o Ribeirão Jacuba, no trecho do Centro, e, o parque embeleza o local. A ação reforça o compromisso do prefeito Angelo Perugini em transformar faixas de preservação ambiental em áreas de lazer para a população”, afirma o secretário de Obras, Marcelo Zanibon.

O secretário destaca que o parque socioambiental integra as ações da Prefeitura para revitalização do Centro. Já foram realizadas mudanças no sistema viário com a criação de novas ruas, prolongamento de vias, instalação de rotatórias e reestruturação da ponte Osmar Dobelin, que liga a Vila Real ao Centro.

“Também instalamos iluminação mais potente nas vias públicas, criamos o estacionamento rotativo para organizar o trânsito, além de incentivar a instalação de novos empreendimentos nos setores de comércio e serviços”, completa o secretário.

O Parque Socioambiental Renato Dobelin é um dos oito parques em implantação na encosta do Ribeirão Jacuba e seus afluentes, previstos no projeto Corredor Ecológico de Hortolândia, em execução pela Prefeitura.

Quando o Corredor Ecológico estiver pronto, a população contará com um cinturão verde de 6,3 quilômetros quadrados de áreas públicas de preservação, lazer e recreação. O espaço verde equivale a 10% de extensão territorial da cidade, que é de 62,2 km².

Para implantar o Corredor Ecológico, a Prefeitura constrói parques lineares, recupera nascentes d´água, realiza obras de combate à enchente, amplia espaços de lazer e recreação, tira famílias da beira de córregos, promove a regularização fundiária de áreas, além de criar ciclovias.

O nome do parque é uma homenagem ao jovem Renato Dobelin, morto em 2008, durante um assalto. O parque faz fundos com a casa, localizada na rua Rosa Maestrelo, Vila São Francisco, onde Dobelin passou a infância e adolescência, sempre rodeado pelos irmãos, primos e amigos. É filho de Leobino Dobelin e Maria José Guilherme, família tradicional de Hortolândia.

 

 

  • Comentários  

    19/10/2017