Hortolândia é destaque na geração de empregos

Hortolândia fecha ano com estoque de 3.104 postos de trabalho formais e sendo 2° maior gerador de vagas na Região Metropolitana de Campinas

Hortolândia encerrou o ano passado com o saldo positivo de 3.104 empregos com carteira assinada. O município é o segundo maior gerador de postos de trabalho na RMC (Região Metropolitana de Campinas), em 2011, apontam dados divulgados pelo Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), órgão do Ministério do Trabalho. Campinas está em primeiro lugar com o saldo positivo de 18.939 vagas.

A evolução do emprego em Hortolândia é fruto da política pública municipal de desenvolvimento econômico realizada pela Prefeitura para atração de novos empreendimentos, incentivo ao micro e pequeno empreendedor que resultam na ampliação da demanda por mão de obra e geração de renda.

Conforme o Caged, o setor industrial é o responsável pela criação da maioria dos empregos com a contratação de 1.177 novos trabalhadores. Em seguida, está o setor de serviços com o saldo positivo de 923 empregos. O comércio é o terceiro maior gerador de trabalhos, em 201, com a criação de 803 novas vagas. A área de construção civil registrou o saldo positivo de 261 postos de trabalho.

O secretário de Indústria, Comércio, Serviços e Turismo, Marcelo Borges, atribui o saldo positivo de empregos registrado pela indústria ao início da operação de novas empresas na cidade a exemplos da multinacional chinesa ZTE e da Bercosul. Os setores de comércio e serviços, explica o secretário, geraram mão de obra por causa da instalação do Shopping Hortolândia. “O setor de construção civil fechou o ano bem porque crescem os investimentos no setor imobiliário e na execução de obras públicas. Hortolândia se consolida como polo de desenvolvimento”, analisa Borges.

No ranking da evolução do emprego em 2011, Hortolândia perde somente para Campinas que aparece em primeiro lugar com a geração de 18.939 empregos. “O crescimento econômico da nossa cidade ajudou indiretamente na geração de empregos em municípios da região, principalmente na área de prestação de serviços, a exemplo de Campinas. Muitos executivos com negócios em Hortolândia procuram os hotéis de Campinas para se hospedar”, exemplifica o diretor da Secretaria Municipal de Indústria, Comércio, Serviços e Turismo, Estevo Pinto.

Economia a Serviço do Cidadão

Desde 2005, o prefeito Angelo Perugini trabalha pelo desenvolvimento econômico e social de Hortolândia. Nesse período, criou cerca de 20.000 postos de trabalho. O governo municipal faz a economia municipal crescer a passos largos com medidas que apoiam do micro ao grande empreendedor.

O resultado é queda do desemprego de 17,2%, em 2005, para 2% da PEA (População Economicamente Ativa) e ampliação da renda média familiar, de R$ 870 (em 2005) para R$ 2.000. Nesse período, o PIB (Produto Interno Bruto) da cidade aumentou de R$ 1,7 bilhão para cerca de R$ 6 bilhões.

Perugini destaca que a política de geração de emprego tem que caminhar junto com ações para qualificar mão de obra local. Para isso, a Prefeitura lutou e conquistou o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFSP) que já funciona com o curso técnico de informática. A unidade de ensino vai oferecer também os cursos técnicos de eletroeletrônica, mecânica e eletrotécnica. A médio prazo, o Instituto também oferecerá cursos universitários.

Por meio de parcerias com entidades e o setor privado, a Administração oferece cursos rápidos nos setores de informática, administração, alimentação e estética. Outra conquista é o Centro Educacional do Sesi (Serviço Social da Indústria) em construção pela Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo). A unidade de educação começou a funcionar, neste ano, em espaço provisório cedido pela Prefeitura até a inauguração do prédio definitivo, prevista para julho deste ano.

“Desde o início do governo, nosso foco é o trabalhador. Colocamos a economia a serviço da população por meio da geração de empregos, obras e serviços que melhoram a qualidade de vida das pessoas. O destaque na geração de empregos é uma conquista da Prefeitura e dos moradores que ajudam nosso governo a construir uma nova cidade”, disse o prefeito.

 Hortolândia

  • Comentários  

    16/08/2017