Hortolândia a cidade que mais cresce no Brasil

Hortolândia é uma cidade da região metropolitana de Campinas, proxima á capital de São Paulo. Hoje já é considerada um polo industrial, tecnologico e farmaceutico…

A prefeitura de Hortolandia sempre está trabalhando para este crescimento fazendo as melhorias e urbanizações necessarias

O setor imobiliario tem forte demanda, pois, cresce o numero de pessoas interessadas em morar na cidade de Hortolandia, pois as pessoas e as empresas enxargam um mercado aberto para o comercio e para oportunidades de negocios, aqui em Hortolândia, gerando assim uma procura maior por terrenos, casas, apartamentos, condominios e etc., sendo um bom sinal de crescimento e estrutura.

No centro de Hortolandia os comércios estão bem movimentados, atraindo varias lojas já conhecidas da região. E logo teremos um Shopping Center que a população espera.

A prefeitura tem se esforçado bastante para atender o conceito educacional com projetos excelentes e muito trabalho, os alunos de escolas da prefeitura tem direito a Uniformes, Materiais de boa qualidade, Alimentação e diversos atendimentos com profissionais que auxiliam no aprendizado e educação das crianças e adolecentes.

Em parceria com a Sabesp, Hortolandia conquista o serviço de coleta e tratamento de esgoto, 50% das residencias da cidade ja se beneficiam dessa realidade, a meta é até o final de 2012 o serviço atender 100% de Hortolandia. ( até 2005 não existia tratamento de esgoto na cidade ).

Com parceria do governo federal e CDHU Hortolandia consegue em 6 anos a entrega de 900 unidades habitacionais, visando até o final de 2012 zerar o numero de familias com moradias em areas de riscos.

O setor de saúde está sendo reestruturado com investimentos e construçoes de novas unidades de saúde jamais vistos na historia do municipio.

Inclusão sicial faz parte dos projetos da prefeitura, criando núcleos profissionalizantes com parcerias do SEBRAE, SENAI, SENAC, empresas e governo federal, em 2010 mais de 17.000 pessoas concluíram cursos oferecidos pela prefeitura.

  • Comentários  

    28/07/2017