4º Congresso Internacional Sustentável com o tema Visão 2050

Sustentável 2011
Visão 2050: agenda para uma nova sociedade
27, 28 e 29 de setembro de 2011
Píer Mauá, Armazém nº 2
Rio de Janeiro – RJ

O Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS) promove nos dias 27, 28 e 29 de setembro o 4º Congresso Internacional Sustentável com o tema Visão 2050: agenda para uma nova sociedade, a ser realizado no Armazém 2 do Píer Mauá, no Rio de Janeiro. As discussões da Rio +20 e a construção de uma agenda que aponte os caminhos para um Brasil sustentável em 2050 serão os pilares do Congresso.

A Conferência da ONU vai discutir, de 14 a 16 de maio de 2012, no Rio de Janeiro, a chamada “economia verde” e os caminhos para promover um novo modelo de desenvolvimento. Foi justamente pensando nessa nova economia que incorpora valores desconsiderados até agora – como o bem-estar das pessoas, sol, água limpa, biodiversidade, terra boa para plantio – que o World Business Council for Sustainable Development (WBCSD) lançou no ano passado o Vision 2050: a new agenda for business. O documento encantou empresários e acadêmicos do mundo inteiro e serve de orientação ao planejamento estratégico de diversas empresas por apresentar o rumo da sustentabilidade nas próximas décadas.

Agenda brasileira da sustentabilidade
É com base nesse documento, que o CEBDS vai construir, em parceria com os participantes do Sustentável 2011 – ONGs, empresas, governo e academia – a agenda brasileira da sustentabilidade. Com a mesma metodologia usada pelo WBCSD, o Visão 2050 brasileiro vai indicar os caminhos para que o país chegue a 2050 com qualidade de vida para seus habitantes. O resultado das discussões vai subsidiar a elaboração do documento que será apresentado durante a Rio+20.

A década que começa abre o período que os especialistas do Visão 2050 chamam de “adolescência turbulenta”, em que importantes decisões terão de ser tomadas. É um período de grandes transformações e oportunidades. E é justamente nesta década, com o Rio de Janeiro como vitrine, que o Brasil estará na berlinda, com os holofotes do mundo voltados para cá. O país é apontado como um dos que têm mais chances de liderar a corrida verde, por ser um dos maiores detentores dos chamados “ativos intangíveis” da economia (sol, água, florestas) e com um enorme potencial de crescimento.

“O Brasil e o Rio de Janeiro têm mostrado que é possível fazer, que é possível mudar, mas para aproveitar bem essa oportunidade é preciso que governo, empresas e a sociedade estejam juntos, planejando o futuro com diálogo e transparência, assumindo compromissos para implementar de fato um novo modelo de desenvolvimento. É para servir a esse propósito que o Sustentável 2011 será realizado”, afirma Marina Grossi, presidente do CEBDS.
O formato
Durante três dias, presidentes de empresas, executivos, acadêmicos e representantes das ONGs, dos governos e da sociedade vão discutir os temas mais efervescentes da sustentabilidade em ambientes e formatos diferentes para proporcionar a interação entre os diversos públicos. São eles:

· Plenárias – Palco principal do Sustentável 2011. Palestrantes vão abordar temas de interesse geral sobre a Rio+20 e o Visão 2050 direcionados a um público maior (cerca de 600 pessoas), que será incentivado a participar com perguntas.

· Diálogos Multissetoriais – Serão realizados no mesmo espaço da Plenária, em horários alternados, com mais interferência do público, que poderá participar com perguntas e comentários, evidenciando as várias visões que existem sobre um determinado assunto.

· Oficinas – Com um público menor, cerca de 60 pessoas, as nove oficinas vão abordar os pilares do Visão 2050: Valores das Pessoas, Desenvolvimento Humano, Economia, Agricultura, Florestas, Energia e Eletricidade, Edifícios, Mobilidade e Materiais. As discussões vão subsidiar a construção do Visão 2050 brasileiro, que será complementado com outros dois workshops – um antes e outro depois do evento.

· Open Space – espaço aberto para debates não previstos na agenda oficial. Quem tiver um assunto relevante poderá apresentá-lo como proposta de debate. Caso haja interessados em participar da discussão, forma-se um grupo que se reúne para debater o assunto. Se o grupo formular uma proposta consistente, um de seus componentes poderá levá-la para discussão na plenária.

Inscrições:
As inscrições para o Sustentável 2011 poderão ser feitas no site do CEBDS (www.cebds.org) a partir de junho. Os interessados poderão encaminhar um email ao cebds@cebds.org  para serem informados sobre a abertura das inscrições assim que elas forem abertas. Não há reserva antecipada de vagas.Mais informações aqui ou pelo (21) 2483.2250.

Cebds

  • Comentários  

    22/10/2017