Sebrae prepara Profissionais para Copa do Mundo

Sebrae capacita trabalhadores para cidades que vão receber visitantes na Copa do Mundo

O Ministério do Turismo definiu algumas cidades brasileiras como potenciais destinos turísticos para os visitantes que virão ao Brasil durante a Copa do Mundo de 2014. Alagoas, por exemplo, não será sede de partidas do Mundial, mas pode se beneficiar com a proximidade às cidades-sede do Nordeste (Fortaleza, Natal, Recife, Salvador). Pensando nisso, o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) do estado e a Agência de Fomento de Alagoas (Desenvolve) estão trabalhando ações para estimular o turismo local, a fim de proporcionar melhor atendimento aos visitantes em 2014. Dentre as ações destacam-se os programas de apoio à certificação denominados Economia da Praia e Bandeira Azul.

O Economia da Praia garante a profissionalização e a formalização dos prestadores de serviços da orla, além de capacitação aos donos de microempresas e empreendedores individuais que atuam no entorno das praias. Já o sistema de gestão ambiental Bandeira Azul pretende elevar o grau de conscientização da comunidade e dos governantes, incentivando a proteção ambiental marinha e costeira.

“O Sebrae vai oferecer suporte técnico, com consultorias e capacitações voltadas, principalmente, para a preservação ambiental. O primeiro passo deve ser dado pelos prefeitos, que inserem as praias na proposta. A partir daí, buscamos adequar os envolvidos para o reconhecimento da certificação”, explicou Vanessa Rocha, gerente de Atendimento Coletivo Turismo, Artesanato e Cultura do Sebrae em Alagoas.

Brasil

  • Comentários  

    29/05/2017