Mesatenistas do Brasil no Ranking Mundial

Brasileiros melhoram suas posições no ranking mundial de tênis de mesa

Os atletas brasileiros do tênis de mesa começam o ano com uma boa notícia. De acordo com o ranking mundial do mês de janeiro, divulgado nesta quarta-feira (04.01) pela Federação Internacional de Tênis de Mesa (ITTF), os brasileiros tiveram bom desempenho nas últimas competições e conseguiram subir algumas colocações na classificação.

No feminino, a mesatenista mais bem colocada é a amazonense Lígia Silva (foto). Aos 30 anos, a atleta, que recebe o patrocínio do programa Bolsa-Atleta, do Ministério do Esporte, já participou de quatro Pan-Americanos, além de ter sido a primeira brasileira a disputar um torneio individual em Jogos Olímpicos. Ela ocupa a posição de número 219, subindo uma colocação em relação à lista divulgada em dezembro.

A bolsista Jéssica Yamada também subiu uma colocação, ocupando agora a 331ª posição entre as melhores do mundo e sendo a terceira brasileira mais bem colocada na classificação. Gui Lin manteve os 1.773 pontos conquistados até dezembro e continua na posição de número 253. Completando a lista das melhores mesatenistas do Brasil no ranking mundial, aparece a bolsista Caroline Kumahara, na colocação de número 348.

Top 100

Entre os homens, o destaque foi Gustavo Tsuboi. O atleta que, em outubro conquistou a medalha de ouro na disputa por equipes dos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, ao lado de Hugo Hoyama e Thiago Monteiro, é o melhor colocado do Brasil, na 88ª posição.

Os outros dois atletas que representaram o país no México aparecem nas colocações de número 176 e 157, respectivamente. Ambos os mesatenistas, que já integraram a relação dos 100 melhores do mundo, tiveram resultados importantes no último ano que contribuíram para a conquista de lugares no ranking: Hoyama subiu duas posições em relação à lista de dezembro, e Thiago, quatro.

A China lidera o ranking, com Ma Long, no masculino, e Ning Ding, no feminino.

  • Comentários  

    21/07/2017