Lei contribui com Basquete em Cadeira de Rodas

Lei de Incentivo contribui para o crescimento do circuito de basquete em cadeira de rodas

A preparação das seleções masculina e feminina de basquete em cadeira de rodas teve importante reforço em 2011. Recursos captados por meio da Lei de Incentivo ao Esporte (LIE) no valor de R$ 500 mil, patrocinados pela Eletrobrás, permitiram a realização de três campeonatos nacionais: os Brasileiros da 1ª e da 2ª divisões e o da divisão de acesso. O torneio da 2ª divisão classificou as equipes do Distrito Federal e de Campos dos Goitacazes (RJ), campeã e vice, respectivamente, para a elite do basquete em cadeira de rodas em 2012.

Basquete em cadeira de rodasRealizado no início de novembro, em São Paulo, pela entidade proponente da LIE, a Confederação Brasileira de Basquetebol em Cadeira de Rodas (CBBC), o Nacional da 2ª divisão contou com a participação de 11 equipes dos estados de Pernambuco, Rio Grande do Sul, Goiás, Distrito Federal, Pará, Rio de Janeiro e São Paulo. O evento teve parceria do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) e da prefeitura municipal de São Paulo, por meio da Secretaria de Esporte.

O segundo campeonato, o Brasileiro da 1ª divisão, aconteceu no período de 6 a 11 de dezembro, na Faculdade Maurício de Nassau, em Recife. O evento reuniu as oito melhores equipes do país: quatro de São Paulo e representantes de Pernambuco, Pará, Rio de Janeiro e Santa Catarina.

No pódio, prevaleceu o desempenho dos times paulistas. Add/Magic Hand foi o campeão, com o CAD (São José do Rio Preto) em segundo lugar e o Águia em terceiro. O evento contou com o apoio do Governo de Pernambuco e da Federação das Indústrias do estado (Fiep).

O Brasileiro da divisão de acesso, realizado de 13 a 18 de dezembro, no ginásio do Serviço Social do Comércio (Sesc), em Guarapari (ES), foi o terceiro campeonato incentivado pelo Ministério do Esporte. A essência da competição é permitir que novas equipes entrem no circuito das competições nacionais. Por isso, inclui times que estão saindo dos campeonatos regionais. O CAD-SP ficou com a medalha de ouro. A prata foi para o Omda, de Santa Catarina, e o bronze, para Os Tigres, do Rio Grande do Norte.

Novo projeto

De acordo com a presidente da CBBC, Naíse de Moraes Pedrosa, a Lei de Incentivo tem grande importância para o desenvolvimento esportivo. “Trata-se de uma ação de muita responsabilidade fiscal que veio colaborar ainda mais com o desporto paralimpico. Este ano, pretendemos apresentar ao Ministério do Esporte um projeto que contemple cinco campeonatos”, antecipa.

Confira videorreportagem da seção Esporte + Saúde sobre o basquete em cadeira de rodas

Esporte

  • Comentários  

    25/05/2017