Hóquei sobre Grama anuncia estratégia para 2012

Em entrevista coletiva realizada no Complexo Esportivo de Deodoro, no Rio de Janeiro, durante a concentração de atletas das seleções, o gerente-geral da Confederação Brasileira de Hóquei sobre Grama (CBHG), Eduardo dos Santos, expôs o planejamento para a temporada 2012 e as estratégias para os Jogos Olímpicos Rio 2016.

Eduardo ressaltou a relevância dos investimentos do Ministério do Esporte e do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), fundamentais para a modalidade, principalmente, pela falta de patrocínios privados no hóquei. “A verba da Lei Agnelo/Piva e os investimentos por meio da parceria com o Ministério do Esporte são preciosos. É assim que gerimos todo o esporte, não somente a seleção”, explicou.

A CBHG, por meio de um convênio com o Ministério do Esporte, realizará o intercâmbio de doze jogadores, homens e mulheres, para aprimoramento técnico na Argentina. Os atletas serão incluídos gradativamente no campeonato argentino e as equipes escolherão os atletas após um período de treinamento.

A chegada do consultor de alto rendimento ao Brasil – o holandês Bert Bunnik – foi um dos pontos mais abordados pelo gerente. “Bert está aqui para nos ajudar a corrigir o que tem sido feito de errado e a valorizar o que estamos acertando”, resumiu. A presença do experiente consultor acarretará avanço do esporte em todo o Brasil.

Bert tem experiência no esporte, ele já realizou trabalhos técnicos nas seleções da Holanda, Espanha e Paquistão. “É tempo de organização e temos tempo para isso. Planejamentos e treinamentos irão aumentar o rendimento dos jogadores brasileiros”, disse o consultor.

O gerente-geral da CBHG também revelou que há planos para a construção de mais cinco campos oficiais no Brasil. Atualmente, o País conta apenas com um, no Rio de Janeiro, legado dos Jogos Pan-Americanos de 2007. “Estamos buscando o desenvolvimento de campos em São Paulo, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e outro no Rio de Janeiro. Esses são estados que já possuem a federação da modalidade”, explicou.

 Esporte

  • Comentários  

    21/07/2017