Ginastas participam de Campeonato Pan-Americano na Colômbia

A seleção brasileira de ginástica artística participa em Medellín, na Colômbia, até domingo (24/06), do Campeonato Pan-Americano Juvenil e Adulto, a ser realizado no ginásio Coliseo de Gimnasia Jorge Hugo Giraldo. Estarão representando o Brasil na competição 13 atletas, sete no feminino e seis no masculino, alguns beneficiados pelo programa Bolsa-Atleta, do Ministério do Esporte.

Participam do torneio continental estrelas do Bolsa-Atleta, como Daniele Hypolito, Adrian Gomes, Pétrix Barbosa e Francisco Barreto Júnior. Na categoria juvenil, o Brasil contará em sua equipe com Rebeca Rodrigues de Andrade, Lorrane dos Santos Oliveira, Frida Lopes de Oliveira e Ana Flávia Gonçalves Silva, na ginástica artística feminina (13 a 15 anos), e Lucas Bitencourt, Daniel Silva, Fellipe Ferreira e Yannick Santos, na ginástica artística masculina (15 a 18 anos).

Para as candidatas da equipe juvenil, essa será uma oportunidade de se ganhar experiência em competições internacionais. No caso dos adultos, servirá como mais uma etapa de treinamento, antes das Olimpíadas de Londres. A equipe feminina que participará dos Jogos Olímpicos ainda não está definida, e no masculino, há ainda a terceira vaga individual em aberto.

O chefe da delegação brasileira, Leonardo Finco, destacou a importância do torneio continental. Segundo ele, os atletas juvenis competirão por equipe, individual, geral e por aparelhos, enquanto os mais velhos competem apenas no individual por aparelho. “Este Pan-Americano será um ótimo teste para nossos ginastas, já que a Colômbia, dona da casa, é nossa maior adversária hoje, na América do Sul. Será uma experiência nova para os juvenis e de grande valor, pensando na renovação da modalidade no Brasil. Para os adultos, a competição contribuirá com a preparação dos atletas que serão convocados para as Olimpíadas de Londres.”

Leonardo Finco ressaltou a expectativa por bons resultados. “Sabemos que será um campeonato complicado, principalmente por ter a Colômbia pela frente. Vamos nos esforçar para buscar o maior número de medalhas de ouro possível. Temos grandes chances de subir no pódio não apenas com os atletas da categoria adulta, mas com os mais novos também”, afirmou.

Esporte

  • Comentários  

    21/07/2017