Brasileiros tem cinco medalhas no Mundial de Muay Thai

A equipe brasileira de muay thai encerrou, no último sábado (24/03/2012), participação no Campeonato Mundial da modalidade, que foi realizado em Bangcoc, na Tailândia, e reuniu atletas de mais de 70 países. A delegação nacional, composta por 12 lutadores, terminou a competição com cinco medalhas: duas pratas e três bronzes.

O destaque nacional foi Victor Santos, que chegou às finais e conquistou o segundo lugar no Mundial. Atual campeão brasileiro na categoria até 60kg, ele é um dos atletas formados pelo Núcleo de Esporte de Base da Confederação Brasileira de Muay Thai (CBMT), que, em dezembro de 2010, contou com recursos do Ministério do Esporte para aprimorar a instalação esportiva. O repasse, no valor de R$ 271.806,00, foi utilizado na compra de equipamentos necessários para os treinos e para a contratação de instrutores.

“O apoio do Ministério do Esporte foi de total importância para o muay thai. No núcleo, os atletas têm toda a atenção de uma equipe de professores, além de contar com materiais novos e de qualidade para a evolução técnica e tática. Com certeza, tudo isso dá uma motivação maior ao atleta”, afirma o treinador e presidente da CBMT, Artur Mariano, que acompanhou a seleção na Tailândia.

Núcleo de base

Atualmente, cerca de 150 lutadores treinam no núcleo com o objetivo de tornarem-se atletas de alto rendimento. “O muay thai é um esporte que teve bastante crescimento, por ser a luta em pé mais completa e com a maior perda calórica. Ao lado do MMA, virou a modalidade de luta com a maior procura”, completa Mariano.

As demais medalhas brasileiras ficaram com Lamar da Silva (+91kg), Bernardo Braga (81kg) e Rafael da Silva (70kg), que conquistaram o bronze, e Igor Nogueira, que levou a prata nos 67kg.

Esporte

  • Comentários  

    21/07/2017