Amazona brasileira conquista vaga para Londres

A amazona Luiza Tavares de Almeida, de 20 anos, conquistou no final de semana, durante o Grand Prix Freestyle no Clube Hípico de Santo Amaro, São Paulo, a vaga para representar o Brasil nos Jogos Olímpicos de Londres no adestramento, a única vaga individual disponível para países das Américas do Sul e Central. A Federação Equestre Internacional (FEI) homologará a marca da atleta no mês de março.

Luiza Tavares registrou na competição a média final de 71,325%. A amazona disputou a vaga nota a nota com a Ivonne Losos, da República Dominicana. A atleta chegou ao picadeiro com uma pequena margem de vantagem sobre Ivonne.

No sábado, Ivonne registrou a média final de 70,500%, deixando para a brasileira a responsabilidade de superá-la na prova de domingo. Depois de uma bela apresentação com coreografia e música, a amazona paulista garantiu pela quarta vez a participação do adestramento brasileiro em Olimpíadas.

Esta será a segunda vez que Luiza Tavares participa dos Jogos Olímpicos. A estreia foi em Pequim 2008, quando entrou para a história dos esportes como a mais jovem atleta do hipismo a participar das Olimpíadas, quando tinha 16 anos. Anteriormente, o título era também do brasileiro Rodrigo Pessoa, da modalidade salto, que em 1998 competiu em Barcelona, aos 19 anos.

Com a vaga conquistada por Luiza Tavares, que precisa ser homologada pela Federação Equestre Internacional (FEI), o Brasil registra a marca de 153 atletas já garantidos nos Jogos Olímpicos de Londres.

Esporte

  • Comentários  

    19/09/2017