RESTART , a banda colorida: fama, polêmica e boatos

Restart é uma banda brasileira de teen pop criada em São Paulo em agosto de 2008. A banda tem como principais canções “Recomeçar”, “Vou Cantar”, “Levo Comigo” e “Amanhecer no Teu Olhar”. O MySpace oficial da banda conseguiu mais de 2 milhões de acessos apenas em 2009, sendo a internet o principal meio de divulgações de suas músicas.

2008-2010 Sucesso comercial nacionalrestart

Fundada em agosto de 2008 por quatro estudantes, Pedro Lanza, Pedro Lucas, Koba e Thomas, a banda Restart alcançou rapidamente alta popularidade e começou a fazer shows no Brasil. Seus integrantes tornaram-se nacionalmente conhecidos por serem um dos pioneiros no uso de roupas coloridas, principalmente calças, que fazem parte da vestimenta de músicos de música colorida. Além de apresentações em todo o país, a banda participou de uma edição do Casseta & Planeta, Urgente! que foi ao ar na Rede Globo em 10 de agosto de 2010.

Seu primeiro disco foi lançado em novembro de 2009, intitulado Restart. Ele trouxe três singles – “Recomeçar, “Levo Comigo” e “Pra Você Lembrar”. A avaliação da crítica foi mediana, tendo recebido 3/5 estrelas do CanalPop e 3.5/5 da Allmusic. O álbum “Restart” vendeu mais de 50 mil cópias, sendo certificado com disco de ouro e, posteriormente, com disco de platina, recebido no palco do programa Domingão do Faustão, da Rede Globo.

A banda Restart saiu como a maior vencedora do prêmio musical Video Music Brasil, exibido pela MTV Brasil, na edição de 2010, vencendo as categorias “Revelação”, “Pop”, “Artista do Ano”, “Hit do Ano” (com Levo Comigo) e “Videoclipe do Ano” (com Recomeçar). Porém, no momento do anúncio da vitória do principal prêmio do evento, o de “Artista do Ano”, a banda recebeu muitas vaias do público local presente, assunto que rapidamente tornou-se o mais comentado do Twitter.

A banda passou a ter enorme repercussão na internet após cancelamento de tarde de autógrafos na livraria Fnac da avenida Paulista, em São Paulo, durante a tarde do dia 28 de abril de 2010. Em nota, os integrantes divulgaram uma mensagem mencionando que não esperavam um evento com mais de 3 000 pessoas, e decidiram adiá-lo, mesmo levando em conta o esforço de muitos visitantes para chegar com até um dia de antecedência para receber uma das 250 senhas (e o recebimento de uma pulserinha indicativa) para garantir preferência na entrada. A multidão só abandonou o prédio após a intervenção da polícia. O incidente ganhou grande repercussão no YouTube, após uma fã pré-adolescente da banda chamar o incidente de “uma puta falta de sacanagem”. Esse bordão foi indicado ao Video Music Brasil 2010 na categoria de “Webhit”.

2011 –  Novos projetos

Depois de ser bem-sucedida comercialmente no Brasil, a banda começou a gravar músicas em espanhol e fez apresentações na Argentina e no Uruguai. A primeira regravação nesta língua foi a de “Levo Comigo”, que foi intitulada como “Te Llevo Comigo”.

Além disto, seus integrantes afirmaram que iriam participar da gravação de um filme – intitulado Restart – O Filme – sobre a trajetória do Restart, no formato 3D e com previsão de lançamento para 2012, no demais, há o projeto de lançar um livro com depoimentos de fãs e respostas a perguntas.

Seguido o sucesso do álbum de estréia, o primeiro DVD da banda, Restart – Happy Rock Sunday foi certidicado como DVD de ouro pela ABPD, pelas vendas de 25 mil cópias no país.

Em entrevista a revista CARAS, Koba comentou: “Faz um ano que ganhamos o nosso primeiro disco de ouro com nosso primeiro CD e, agora, ganhamos nosso DVD de ouro quase exatamente um ano depois, nós não estávamos esperando. É claro que queríamos muito, mas não achamos que seria tão rápido, a gente se surpreende cada dia mais”.

Polêmicas

Em 9 de março de 2011, foi divulgado através do YouTube um vídeo no qual o baterista da banda, Thomas D’Ávila, teria supostamente ofendido os habitantes do estado do Amazonas. Nas imagens, feitas durante uma entrevista, Thomas foi questionado sobre um lugar onde gostaria de se apresentar. Como resposta, o baterista afirmou que gostaria de ir ao Amazonas para “tocar no meio do mato”.

Eu queria muito tocar no Amazonas. Imagina você tocar no meio do mato, assim, sei lá, não sei como é o público de lá, não sei se tem gente, civilização. Para mim seria bem legal tocar para lá, para a parte que a gente acha que não tem nada.

— Thomas, durante uma entrevista, referindo-se ao estado brasileiro do Amazonas.[22]

Essa declaração causou desconforto entre os habitantes do estado e da Região Norte do país. Em Manaus, houve a ocorrência de alguns protestos contra a banda. Entre os protestos mais conhecidos estavam o Movimento Game Over Ignorância, composto por jovens da cidade.

Alguns dias após a declaração de Thomas, a produtora Mega Eventos, responsável pela organização do show da banda em Manaus, cancelou a apresentação do Restart. Em nota, a empresa apresentou o motivo de “razões de ordem pública” para tal procedimento.

Outra polêmica envolvendo a banda Restart, foi levantada por Tico Santa Cruz, integrante da banda Detonautas. Tico Santa Cruz acusou os integrantes da banda de oportunismo, ao salientar que os mesmos cobravam dinheiro para receber os fãs em seus camarins após suas apresentações.

Fim da banda: só boato ou será verdade ?

O mundo colorido do Restart acabou. Segundo a revista Bizz, Pe Lanza resolveu dar um shutdown no grupo e sair em carreira solo. Pe Lu, se desentendeu com o vocalista pois ele queria subir o preço do chamado kit camarim e explicou para a Época que cobrar “nasceu da nossa necessidade de conseguir, de alguma forma, e a mais justa possível, escolher as pessoas que iríamos atender, afinal não temos tempo hábil para atender a todo mundo que vai aos nossos shows”. E acrescentou: “mas o preço que Pe Lanza quer cobrar é inadmissível”.

Mas para a alegria dos fãs tudo não passou de uma brincadeira de “Primeiro de Abril”

Com isso muitas histórias foram inventadas, desde o vocalista estar pedindo um valor absurdo até a morte do próprio Pe Lanza. Mas para o alívio dos fãs tudo isso são apenas boatos infundados. E podem ficar tranqüilos, pois a banda Restart continua firme e forte.

 

restartRestart é indicada ao prêmio EMA 2011, da MTV europeia

Depois de se consagrarem nas principais premiações musicais do Brasil, os coloridos da Restart agora têm a chance de disputar seu primeiro prêmio internacional. A banda de happy rock foi indicada ao EMA 2011, da MTV europeia, na categoria World Wide Acts Latin American.

Além do quarteto paulista, o único brasileiro indicado ao prêmio foi o cantor Seu Jorge, que concorre na mesma categoria. O evento acontecerá dia 6 de novembro em Belfast, Irlanda do Norte. Para votar, basta acessar: la.mtvema.com/votar

  • Comentários  

    29/05/2017