Dupla de Hortolândia participa do festival Viola de Todos os Cantos

O compositor Jorge Lordano e o intérprete Eder Nunes retratam as “coisas” da roça no programa da Rede Globo Viola de Todos os Cantos. Os músicos foram selecionados, entre 1.400 pessoas, para a próxima fase do programa, que será no dia 9 de junho de 2012, em Limeira.

Os artistas representam Hortolândia com a música “Caminhos do Saber”, que chamou a atenção dos jurados. “Com um ritmo diferente e ao som da viola, bateria e violão, fizemos uma melodia mais jogada para o congado”, disse o intérprete Eder Nunes. A música foi selecionada na categoria Regional.

O Festival Viola de Todos os Cantos é considerado o maior encontro de música regional do país, realizado pela EPTV (Emissoras Pioneiras de Televisão). Desde 2003, violeiros de todos os cantos do país com o propósito de manter viva a tradição das modas de viola e, ao mesmo tempo, apresentar às novas gerações a magia e o encanto da boa musica de raiz.

O compositor Jorge Lordano já participou do evento duas vezes. Em 2006, alcançou o terceiro lugar, na categoria raiz. “Fiquei muito orgulhoso de receber um prêmio das mãos do cantor Tinoco”, lembra Lordano. Em 2011, o músico ficou em quarto lugar.

A música retrata as belezas da natureza, as comidas típicas preparadas pelas mãos mais afiadas da cozinha”, conta o compositor Jorge Lordano, ao lembrar que até hoje trabalha na roça. “Sou mecânico de trator agrícola”, conta.

Já o músico Eder Nunes afirma sua paixão pela música popular brasileira e o samba. “Quando estávamos fazendo os arranjos da melodia, pensei na inovação. Fizemos uma música que chama atenção, com ritmos interessantes. Aprecio e escuto a música sertaneja de raiz desde pequeno, quando meu pai erguia o volume alto. O que mais escutava era a dupla Tonico e Tinoco”.

Música Caminhos do Saber do compositor Jorge Lordano

De onde vem o batido que ouço Senhor ?

É o vento batendo a porteira

E a algazarra que ouço lá fora Senhor ?

São as aves madrugadeiras

E o chuá vindo lá da mata seu moço, é o murmúrio da cachoeira

E o chuá vindo lá da mata seu moço, é o murmúrio da cachoeira

Noite escura se fez alvorada Ok rapaziada vamos conhecer, um lugar repleto de paz cores e sabores que espera vocês, os caminhos são exuberantes e as raras belezas vão nos surpreender.

Mas primeiro vejam as delicias que após o passeio iremos comer

Mas primeiro vejam as delicias que após o passeio iremos comer

Olha a tábua com queijos furados e a linguiça escorrendo as gorduras, a farinha de macaxeira, olha o tacho com rapadura, da gostosa cana caiana teremos o caldo que é uma doçura

Da gostosa cana caiana teremos o caldo que é uma doçura

No quintal temos as carambolas, acerolas também tangerinas, sobre as folhas que se esparramam na ponta da rama a abobrinha menina

Sobre as folhas que se esparramam na ponta da rama a abobrinha menina

Então pé na estrada e olhos atentos chegou o momento da gente apreciar, os lindos caminhos o reino selvagem, por fim a mensagem que certo virá !

Olha a aranha hospedada na teia, e o sapo pronto pra saltar, a mangava tá polinizando a flor do maracujá, mas que lindo olha a dona marreca levando seus filhos para passear

Mas que lindo olha a dona marreca levando seus filhos para passear

Olha a iguana junto aos passarinhos na copada do arbusto fruteiro dividindo espaço e comida sem guerra sem briga são todos parceiros

Dividindo espaço e comida sem guerra sem briga são todos parceiros

Foi massa o passeio já estou com saudades, feliz complementa o moço da cidade, eu curti a beça assim disse o rapaz foi muito da hora não esqueço jamais.

Olha a aranha hospedada na teia, e o sapo pronto pra saltar, a mangava tá polinizando a flor do maracujá, mas que lindo olha a dona marreca levando seus filhos para passear

Mas que lindo olha a dona marreca levando seus filhos para passear

Olha a iguana junto aos passarinhos na copada do arbusto fruteiro dividindo espaço e comida sem guerra sem briga são todos parceiros

Dividindo espaço e comida sem guerra sem briga são todos parceiros

Foi massa o passeio já estou com saudades, feliz complementa o moço da cidade, eu curti a beça assim disse o rapaz foi muito da hora não esqueço jamais.

Hortolândia 

  • Comentários  

    23/08/2017