Veja Como Abrir uma Franquia

A franquia empresarial é o sistema pelo qual uma empresa (franqueador) cede a outro empreendedor (franqueado) o direito de fazer uso de sua marca ou patente, distribuir seus produtos ou serviços e utilizar sua tecnologia e conhecimento de negócios.

O sistema de franchising teve início no século 19, nos Estados Unidos, como solução para empresas que tinham problemas em distribuir seus produtos e expandir suas marcas após a guerra civil. A primeira a adotar o modelo foi a fábrica de máquinas de costura Singer, que estabeleceu uma rede de revendedoras no país.

Durante os anos 50, redes como McDonald’s, Burger King e Dunkin Donut’s surgiram nos EUA, e a partir dos anos 70, franqueadoras americanas abriram unidades fora do país. No Brasil, o modelo começou a se destacar nos anos 60, com redes de escolas de idiomas como Yázigi e CCAA, mas foi somente na década de 90, com o impulso dado pela globalização e pela internet, que o franchising teve sua ascensão nacional. Em 1994 foi criada a Lei Nº 8.955/94, que detalha o conceito do modelo, dispõe sobre o contrato e outras providências.

Abrindo uma franquia

A abertura de uma franquia significa, para muitas pessoas, a realização do sonho do negócio próprio. De acordo com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), apenas 15% das franquias fecham em até cinco anos após a inauguração, contra 80% das empresas normais.

Estatísticas mostram também que o setor representou 2,1% do PIB nacional em 2010, e tem previsão de crescer 15% nos próximos dois anos, de acordo com dados da Associação Brasileira de Franchising (ABF). O modelo oferece vantagens ao franqueado, como a experiência da empresa franqueadora, o conhecimento do negócio e o nome de uma marca consolidada no mercado.

Apesar das condições facilitadoras, o interessado deve procurar saber tudo sobre as possibilidades e riscos da aquisição do empreendimento. Em sites como o da ABF (Associação Brasileira de Franchising) e revistas especializadas, como o Guia de Franquias, é possível conhecer as particularidades do sistema.

Após ter tomado a decisão de se tornar um franqueado e escolhido o segmento da franquia, o candidato deve se informar sobre os investimentos necessários, detalhes sobre a empresa franqueadora, taxas a serem pagas e simulações de resultados. É importante saber o valor de investimento, o prazo de retorno e o capital de giro necessário.

A persistência e a determinação são essenciais contra uma possível desmotivação durante os primeiros meses. É preciso ter consciência das projeções de lucratividade, e de que a maioria dos negócios demora de seis meses a um ano para atingir o ponto de equilíbrio – quando as despesas são equivalentes à receita. O lucro começa a aparecer depois de um ano e meio a dois de iniciada a franquia.

Brasil

  • Comentários  

    25/04/2017