Dicas para Comprar sua Casa Própria

O programa Minha Casa, Minha Vida é um programa do governo federal, em parceria com Estados , municipios, empresas e movimentos socias que vai construir 1 milhão de novas casas e apartamentos para a população.

Isso significa muito mais familias realizando o sonho da casa própria, mais renda para os trabalhadores e desenvolvimento para o Brasil.

Se você tem renda familiar mensal de até 10 salários minimos e mora em uma das cidades escolhidas pelo programa, aproveite as facilidades. São muitas, como aumento dos subsídios dos custos de seguro e acesso ao Fundo Garantidor da Habitação, que refinancia parte das prestações, caso você fique desempregado.

Objetivo:

Aquisição de empreendimentos na planta, para famílias com renda bruta de até R$ 1.395,00, pelo FAR – fundo de Arrendamento Residencial, em parceria com o poder público (estado e municípios).

Abrangência:

Capitais estaduais e respectivas regiões metropolitanas, região metropolitana de Campinas/sp e Hortolândia/sp e Baixada santista/sp, Distrito federal e municípios com população igual ou superior a 50 mil habitantes.

Como Funciona:

União aloca recursos por área do território nacional com base no déficit habitacional no Brasil 2000 – fundação João pinheiro/Mcidades, contagem populacional 2007 – IBGE.

Estados e municípios realizam, gratuitamente, o cadastramento das famílias, enquadram nos critérios de priorização definidos para o programa e indicam as famílias à CAIXA para validação utilizando as informações do Cadastro Único – CADÚNICO e outros cadastros.

Construtoras apresentam projetos às Superintendências Regionais da CAIXA, podendo fazê-los em parceria com estados, municípios.

Após análise simplificada, a CAIXA contrata a operação, acompanha a execução da obra pela construtora, libera recursos conforme cronograma e, concluído o empreendimento, contrata o parcelamento com as famílias selecionadas.

 

CRITÉRIOS PARA PRIORIZAÇÃO DE PROJETOS  :

Estados e municípios que oferecerem:

Maior contrapartida financeira.

Infraestrutura para o empreendimento.

Desoneração fiscal de ICMS, ITCD, ITBI e ISS.

Menor valor de aquisição das unidades habitacionais.

Existência prévia de infraestrutura.

Atendimento a regiões que recebam impacto de grandes empreendimentos de infraestrutura, tais como: usinas, hidrelétricas, portos etc.MinhaCasaMinhaVida

Empreendimentos em regime de loteamento.

 

CONDIÇÕES PARA COMPRA DO IMÓVEL PELO BENEFICIARIO

Não ter sido beneficiado anteriormente em programas de habitação social do governo.

Não possuir casa própria ou financiamento em qualquer Uf – Unidade da federação.

Estar enquadrado na faixa de renda familiar do programa.

Prestação equivalente a 10% da renda durante 10 anos, com prestação mínima de R$ 50,00, corrigida pela TR.

Sem entrada e sem pagamento durante a obra.

Sem cobrança de seguro por Morte e Invalidez permanente – MIp e Danos físicos do Imóvel – DfI.

Registro do imóvel preferencialmente em nome da mulher.Operacionalização

O beneficiário dirige-se aos postos de cadastramento da prefeitura, estado para cadastrar-se.

Após a seleção é convocado para apresentação da documentação pessoal (na CAIXA, prefeitura ou outros agentes credenciados).

Assinatura do contrato ocorre na entrega do empreendimento.

 

MAIS INFORMAÇÕES : Caixa.gov.br

  • Comentários  

    24/05/2017