Livro “Na Cozinha da Rebeca” Conquista Prêmio Internacional

O livro Na cozinha da Rebeca – aventuras culinárias para crianças extraordinárias, publicado pela Editora Alaúde, conquistou o primeiro lugar, no Brasil, na categoria “Children and family” , no prêmio internacional Gourmand World Cookbooks Awards 2011, principal premiação de livros de culinária do mundo.

Em seu primeiro livro, Na cozinha da Rebeca – aventuras culinárias para crianças extraordinárias, a mini chefe de cozinha ensina a preparar pratos saudáveis capazes de agradar paladares de todas as idades

A maioria dos adultos pondera que cozinha não é lugar de criança. Será mesmo? De fato esse ambiente da casa apresenta alguns riscos para os menores se eles se aventurarem perto de fogões e facas, por exemplo, sem orientação e ajuda. Mas, na companhia de um adulto, o acesso da garotada a este espaço do lar pode representar uma série de vantagens e aprendizados. Duvida? Na cozinha, sem perceber, as crianças trabalham várias áreas do conhecimento. A matemática ajuda na hora de contar os ingredientes; e o português afiado, colabora quando é preciso entender direitinho o passo a passo de uma receita. Isso sem contar que a cozinha também é um excelente espaço para liberar a criatividade!

Os pais da Rebeca Chamma, nove anos, sabem disso. E, por isso, nunca proibiram a menina de passear pela cozinha da casa. Muito pelo contrário. Desde os quatro anos, na companhia do pai, Sérgio, ela sempre teve acesso liberado às panelas, temperos e afins. O primeiro resultado desse contato direto com a preparação dos alimentos fica refletido no próprio prato da Rebeca, que prefere comer comidas preparadas em casa, fresquinhas e muito mais saudáveis. O segundo surge em formato de livro, o Na cozinha da Rebeca. Lançado pela Editora Alaúde, a obra, a primeira da mini chefe de cozinha, reúne 30 receitas testadas e aprovadas pela habilidosa garota.

O intuito do livro, segundo a própria Rebeca, é o de incentivar as outras crianças de sua idade a se alimentarem, também, de uma forma mais saudável. Por isso, ela fez questão de selecionar receitas que fossem acrescidas de legumes, verduras, carnes de boa qualidade e queijos magros. Nas receitas, ela vai além da trivial salada ao propor, por exemplo, que a garotada arregace as mangas e prepare o seu próprio nuggets de frango. Sugere misturar peito de frango processado ou batido no liquidificador (e avisa que essa tarefa precisa ser supervisionada por um adulto), com colherzinha de alho, pitadas de sal marinho, meia xícara de aveia em flocos finos, leite e farinha de rosca para empanar e que, ao invés de fritar o petisco, que asse os nuggets. “O alimento vai ficar mais levinho e tão gostoso quanto”, garante a mini-chefe.

Diferenciais

No livro há um guia com regras de segurança para garantir que o momento na cozinha seja só de alegria. Entre os mandamentos do “adulto cuidadoso” sugerido no livro está virar o cabo ads panelas para a parte traseira do fogão. Isso evita que as crianças esbasrrem nelas e as derrubem.

O livro Na cozinha da Rebeca traz ainda orientações assinadas por uma equipe de nutricionistas, entre eles a doutora Sheila C. M. Naressi Mustafá, responsável pela elaboração da sugestão de cardápio da “Lancheira da Rebeca”, seleção de lanches bem magrinhos e saudáveis para que a Rebeca e todos os seus amiguinhos levem para a escola. Pode até optar pela praticidade dos sucos de caixinha, mas a dica é preferir as marcas que não usam açúcar e conservantes. Bolo? Dá para incluir, desde que ele seja caseiro. “É muito mais gostoso que o industrializado e fácil de fazer”, avisa a Rebeca que sugere o Bolo de Milho da Vovó Célia como opção. A receita? Ela revela no livro!

Na cozinha da Rebeca – Aventuras culinárias para crianças extraordinárias

  • Rebeca Chamma
  • Formato: 21 x 26
  • 96 páginas / capa dura / miolo 4 cores / papel cuchê
  • OBS.: o livro será vendido em uma sacola plástica com duas espátulas/colheres coloridas como brinde
  • Preço: R$ 64,90

Saiba mais sobre a Rebeca:

A Rebeca adora catchup e fast-food, mas também gosta muito de cenoura, alface, melancia, laranja… Aos quatro anos ela começou a ajudar o pai a preparar pratos árabes para a família, e nunca mais parou. Aprendeu a fazer homus, quibe e charutinho de repolho. E, aprendendo a cozinhar, descobriu que a comida caseira e fresquinha é não apenas saudável, mas simplesmente uma delícia!

Como toda garota de sua idade ela gosta de pizza, mas deixa essa guloseima para saborear apenas uma vez por mês, pois já aprendeu que alimentos muito ricos em calorias e gorduras podem comprometer a sua saúde.

Ela é fã do cantor Justin Bieber e, ultimamente tem aprendido a admirar a banda Beatles. “Estamos aprendendo as músicas deles nas aulas de inglês. Estou gostando muito”, informa ela. Entre as comidas preferidas dela estão o macarrão, o charutinho de repolho (uma das primeiras receitas que ela aprendeu a fazer com o pai) e as comidas do cardápio japonês. Seu próximo desafio, inclusive, é aprender a fazer sushi!

Quando crescer, a mini chefe quer ser atriz, cantora e, entre uma coisa e outra, ser dona de um restaurante. Mas antes, seu maior sonho é conhecer a Disney, viagem que ela espera fazer muito em breve.

  • Comentários  

    18/10/2017