Dell inaugura Centro de Consolidação de Ordens

Prefeito de Hortolândia valoriza trabalhadores durante inauguração do Centro de Consolidação de Ordens da Dell. Investimento garantirá mais rapidez e eficiência na entrega de produtos a clientes.

O prefeito Angelo Perugini valorizou a atuação dos trabalhadores durante o evento de inauguração do CCO (Centro de Consolidação de Ordens) da Dell Computadores. A fábrica está em operação em Hortolândia, desde 2007, e emprega cerca de 1.000 pessoas. O evento contou com a participação de autoridades governamentais e executivos da multinacional.

“Temos orgulho de abrigar uma unidade da Dell que escolheu a cidade para ampliar negócios principalmente por causa de vocês (trabalhadores). Temos a melhor mão de obra da região”, disse o prefeito, aos funcionários que participaram da cerimônia.

Em outro momento do discurso, Perugini destacou que a expansão da Dell é reflexo da credibilidade que a empresa deposita em seus funcionários. “O poder de fazer mais, slogan da empresa, não se refere somente à construção, a estrutura física. O poder de faz mais é porque ela acredita nos sócios que são vocês trabalhadores. É isso que faz a qualidade da Dell”, disse o prefeito.

Com a inauguração do CCO, a Dell garantirá a entrega mais rápida e eficiente dos produtos aos clientes. Além disso, a fábrica passa a ter capacidades adicionais como a possibilidade de fabricação de novas linhas de produtos como tablets, storages, integração de soluções, entre outros.

A construção do Centro de 10 mil m² começou em setembro do ano passado. O CCO está localizado próximo à fábrica da Dell Computadores, que funciona no Jardim Terras de Santo Antonio.

O local será utilizado para sequenciar e consolidar pedidos de computadores pessoais, servidores e storages, que chegam a fábrica por meio de uma sistema de esteira transportadora; adicionando monitores, impressoras e outros acessórios, completando assim o pedido aos clientes. Vários serviços de integração exigidos pelo cliente para a personalização de hardware pela Dell serão executados no centro antes da entrega final.

Com o novo Centro, também haverá uma diminuição nas emissões de CO2 com a eliminação do transporte terrestre entre a fábrica da Dell e um centro de distribuição interno.

“Nossos clientes se beneficiarão ao pedir e receber um pacote completo com nossos produtos e soluções de alto valor de uma forma mais eficiente e otimizada, em função das mudanças que estamos fazendo em nossa cadeia de fornecimento”, diz Jeff Clarke, vice-presidente do conselho e presidente de operações globais e soluções de computação para usuário final. “O investimento que estamos fazendo na operação no Brasil nos ajuda a realizar a estratégia de redução da complexidade e simplificação do modo como administramos nosso negócio”, completou Clarke.

Além da fábrica em Hortolândia, a Dell Brasil tem unidades em São Paulo e no estado do Rio Grande do Sul, nos municípios de Porto Alegre e Eldorado do Sul. Juntas, as empresas geram cerca de 4.300 empregos diretos e outros 2.000 indiretos.

ICMS

Um dos reflexos positivos para o município é o aumento no volume de arrecadação de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) entre 15 e 20%, segundo estimativas da empresa. Isso significa, cerca de R$ 5,3 milhões a mais no caixa da Administração, num período de dois anos, calcula a Secretaria de Indústria, Comércio, Serviços e Turismo.

Segunda explosão industrial

Em Hortolândia, a indústria funciona numa área de 400 mil metros quadrados, ao lado da empresa GKN, entre os bairros Terras de Santo Antonio e Santa Esmeralda. Para trazer a indústria para Hortolândia, a Prefeitura concedeu incentivos fiscais e investiu cerca de R$ 1,3 milhão em obras de infra-estrutura. Atualmente, a empresa emprega cerca de 1.000 funcionários.

“A chegada da Dell em Hortolândia marca a segunda explosão industrial no município. A primeira ocorreu na década de 70 quando a IBM se instalou na cidade, ainda distrito de Sumaré. Os investimentos que fizemos compensam pela geração de emprego e aumento na arrecadação de ICMS. Assim, podemos investir mais em obras e serviços para melhorar a vida das pessoas”, avalia o prefeito Angelo Perugini.

Hortolândia

  • Comentários  

    22/11/2017