Garimpo ilegal é descoberto no Mato Grosso

Operação Soberania Nacional descobre garimpo ilegal no norte de Mato Grosso

Agentes ambientais federais do Ibama, atendendo a indicativos de desmatamento gerados pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), por meio da Detecção de Desmatamento em Tempo Real (DETER), descobriram em Novo Mundo, região norte de Mato Grosso, um garimpo clandestino. A atividade garimpeira funcionava em uma área com mais de 25 hectares, o que equivale a, pelo menos, 25 campos de futebol. No local, foram apreendidos nove motores com bomba para sucção de água, duas máquinas escavadeiras e dois grandes tratores de esteira, utilizados para derrubar árvores e escavar a terra em busca de ouro. Os bens estão avaliados em mais de R$1 milhão.

A região de Novo Mundo tem um histórico de desmatamento e enfrentamento às forças federais. Em 2009, um grupo de infratores, percebendo que teriam seus caminhões, com toda a madeira extraída ilegalmente, apreendidos, ateou fogo em uma ponte que dava acesso ao local. Desta vez, visando à segurança de seus agentes ambientais, o Ibama solicitou apoio à Polícia Federal, que colocou quatro policiais à disposição do órgão para garantir a retirada dos bens.

Segundo o gerente executivo do Ibama em Sinop, Evandro Selva, as grandes operações de combate ao desmatamento ilegal desenvolvidas na região amazônica, como a Soberania Nacional, com a descapitalização dos infratores, têm gerado grandes resultados na dissuasão do crime ambiental. “Estamos não só marcando presença em todas as áreas detectadas pelo satélite com indícios de alteração em sua cobertura florestal, como, também, recolhendo maquinário, gado, grãos e embargando áreas desmatadas ilegalmente.”, conclui.

Ibama

  • Comentários  

    26/06/2017