Ibama impede desmatamento ilegal em Nova Monte Verde/MT

Uma equipe do Ibama chegou a tempo de evitar um crime ambiental na floresta amazônica, na madrugada de ontem na região do município de Nova Monte Verde/MT. Na área estava tudo pronto para uma grande extração de madeira. Dois homens foram presos e serão multados.

Foram apreendidas uma motocicleta, uma arma de fogo, grande quantidade de combustível para abastecer motosserras, além de muito alimento, indicando que outras pessoas seriam arregimentadas para a empreitada. Segundo o coordenador da equipe, Bruno Barbosa, a área é conhecida na região pelos órgãos de segurança pública como “Faixa de Gaza”, por se tratar de alvo de disputas violentas entre grileiros rivais.

A partir de dados fornecidos pelo Sistema de Detecção de Desmatamento em Tempo Real (Deter), do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais –(INPE), o Centro de Sensoriamento Remoto do Ibama passa as informações às bases, que fazem a vistoria em campo, permitindo, assim, rastrear o desmate, a extração e o transporte da madeira ilegal.

“O excelente resultado em Nova Monte Verde, evitando esse grande crime ambiental é o coroamento de uma estratégia que alia tecnologia a um quadro de servidores altamente qualificados”, avalia o titular da Gerência Executiva do Ibama em Sinop, Evandro Selva. Segundo ele, há uma cadeia que deve ser combatida, a qual se inicia na fase da extração da madeira, passa pela queima e inevitavelmente culmina no desmatamento.

A operação Guardiões da Amazônia, por meio de suas equipes aérea e terrestre, seguindo os indicativos fornecidos pelos satélites, promoverá fiscalização intensa no Mato Grosso. Se necessário, serão utilizados instrumentos legais como embargos, multas, apreensões e prisões como forma de punir quem insiste em degradar a floresta amazônica.

  • Comentários  

    22/08/2017