Desmatamento cresce na Chapada do Araripe, Pernambuco

Ação de fiscalização apreende lenha, estacas e moirões em Salgueiro/PE

O Ibama apreendeu 900 st (estéreo) de lenha cortada, 700 estacas, 1,1 mil moirões retirados ilegalmente da natureza na Chapada do Araripe, em Pernambuco. A ação ocorreu no dias 14 e 15/12 e contou com o apoio da Polícia Militar e da Polícia Rodoviária Federal.

Parte da lenha nativa da região foi ceifada de áreas de preservação permanente (APP). Alguns troncos apreendidos são de braúna e aroeira, que constam na lista de ameaçadas de extinção. Entre as espécies de árvores apreendidas, estão copaíba, faveira, angico, visgueiro, calumbi e sucupira.

No sertão do Araripe, a vegetação encontra-se com risco de desmatamento por conta da ação de pessoas que cortam as árvores para levar até as empresas produtoras de gesso na região rica em gipsita. A maior parte das apreensões foi realizada na fazenda Serra do Mundeu e na Serra do Brejo. Foram apreendidos dois caminhões transportando 60 st de lenha ilegalmente.

Ibama

  • Comentários  

    27/05/2017