Brasil quer cooperação com Sudão do Sul

Uma delegação do Sudão do Sul, o mais jovem país do mundo deverá visitar o Brasil nas próximas semanas.

O ministro das Relações Exteriores, António Patriota, disse esta quarta-feira, 13 de Julho, em Nova Iorque, que as Nações Unidas e os seus países-membros precisam de apoiar activamente o Sudão do Sul no processo de construção de uma nação «livre, democrática e pacífica». António Patriota adiantou o compromisso do Brasil em fazer a sua parte.

O ministro brasileiro participou da reunião no Conselho de Segurança da ONU onde declarou que uns dos aspectos que mais nos desperta atenção, e eu sei que lá no Sudão também há uma grande expectativa, é a cooperação na área agrícola.  Eles estão situados numa região muito fértil com abundância de água. Já existem investimentos brasileiros no Sudão, que passou a ser o país ao norte, algodão, cana-de-açúcar para o etanol, acrescentou.

Para o ministro António Patriota, todo o norte da África tem desafios importantes em termos de segurança alimentar. Estamos convencidos de que a agricultura pode ter um papel crucial no futuro do Sudão do Sul, afirmou o ministro brasileiro.

António Patriota disse ainda que os países devem aumentar seu apoio bilateral e multilateral à nova nação e acrescentou que o Ibas (grupo formado por Índia, Brasil e África do Sul) já está a negociar três projectos de cooperação para auxiliar o Sudão do Sul.

fonte : Jornal Digital

  • Comentários  

    24/06/2017